Investigação - A Tragédia do Columbia

Missão Columbia acaba em desastre
01-02-2003
Neste dia, no ano de 2003, o ônibus espacial Columbia se rompeu ao entrar na atmosfera sobre o Texas, matando todos os sete tripulantes a bordo. A missão espacial 28 do Columbia, designada STS- 107, foi originalmente programada para ser lançada no dia 11 de janeiro de 2001, mas foi adiada inúmeras vezes por diferentes motivos ao longo de dois anos. Finalmente, o ônibus Columbia foi lançado em 16 de janeiro de 2003. Oitenta segundos depois do laçamento, um pedaço de espuma isolante do tanque se soltou do propulsor do ônibus e atingiu a borda da asa esquerda da nave.
Apesar de incidentes semelhantes terem ocorrido em três ônibus espaciais, em ocasiões anteriores, sem causar dano crítico, alguns engenheiros da Nasa acreditam que os estragos à asa poderiam estar conectados à falha catastrófica que provocou a tragédia quando o ônibus espacial retornava para a Terra. Durante as duas semanas que o Columbia permaneceu em órbita, essas preocupações não foram levadas em conta.
No dia 1 de fevereiro de 2003, o Columbia reentrou na atmosfera da Terra. Pouco mais de 10 minutos depois, perto de 9h (horário local) e viajando a 23 vezes a velocidade do som, os problemas começaram. Por conta de uma falha no revestimento da asa, o vento e o calor entraram por ali e ela se partiu. Moradores perto de Dallas, no Texas, ouviram um grande estrondo e viram fumaça no céu. Detritos e os restos da tripulação foram encontrados em mais de 2.000 locais ao leste do Texas, Arkansas e Louisiana. O que deixou a tragédia pior ainda foi o fato de que dois pilotos, a bordo de helicópteros de busca, morreram em um acidente enquanto procuravam detritos. Estranhamente, os vermes que a tripulação tinha usado em um estudo, que foram armazenados em uma caixa a bordo do Columbia, sobreviveram. Após o desastre, o programa do ônibus espacial foi cancelado em 16 de julho de 2005, quando o Discovery foi colocado em órbita.

(Visited 3 times, 1 visits today)

About The Author

You might be interested in

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: